OUTROS

A extração dos sisos

COMPARTILHAR

Os sisos

Os sisos, ou terceiros molares, são geralmente os últimos dentes em se desenvolver. A maioria das pessoas têm quatro molares, um na parte de atrás de cada seção da boca. Esses dentes geralmente nascem no final da adolescência e início da segunda década de vida.

Muitas vezes, os sisos estão presos ou impactados no maxilar ou simplesmente não nascem. Isso pode causar apinhamento ou movimento de outros dentes ou causar desenvolvimento de cáries localizadas, infecção ou doença periodontal. Os sisos impactados estão nos maxilares em posições pouco comuns; algumas vezes em posição horizontal, o que lhe impede que apareçam de maneira natural.

Extração

Na maioria dos casos, recomenda-se que os sisos impactados sejam extraídos.  Dependendo da posição dos terceiros molares, a exodontia pode ser feita no consultório do seu odontologista, de forma ambulatória ou em uma clínica.

O procedimento

Para extrair os sisos se deve fazer uma incisão para eliminar o tecido sobreposto e parte do osso, deixando exposta a coroa do dente impactado. O dente é extraído em sua totalidade ou cirurgicamente cortado em partes, as quais podem ser removidas por partes se o dente inteiro não pode ser extraído de vez. Depois, é feita uma sutura no local onde foi feita a extração. Se o dente não estiver impactado, a extração é igual aos outros sisos.

Depois da exodontia, pergunte para seu dentista sobre técnicas para aliviar o desconforto e ajudar a sarar rapidamente. Apresentamos aqui alguns conselhos:

  • Use compressas frias na bochecha para aliviar a inchaço; utilize as compressas em intervalos de 30 minutos.

  • Aplique, com cuidado, pressão com gaze limpa para parar o sangramento.

  • Coma alimentos magros e consuma mais líquido do habitual.

  • Escove com cuidado o dia após a cirurgia.

  • Tome e siga as instruções dos medicamentos receitados pelo doutor.

  • Trate de não usar canudos para evitar que o coágulo de sangue se mova do bolsa dental.

  • Use enxague bucal, se for recomendado por seu odontologista.

Se apresentar sangramento excessivo, inchaço persistente ou dor aguda ou febre; ligue para seu dentista imediatamente.