CRIANÇAS

Abandone o hábito de chupar o dedo

COMPARTILHAR

Chupar o dedo.

É muito comum as crianças chuparem o polegar, o lábio, ou outro dedo, como uma forma de se acalmar e conciliar o sono.

A maioria das crianças supera o hábito de chupar o dedo entre os 2 e os 4 anos, que é a época na qual perdem os dentes de leite e aparecem os permanentes. Mas é importante que as crianças abandonem o hábito de chupar o dedo antes da erupção dos dentes permanentes, para evitar problemas com a alinhamento dos dentes e o desenvolvimento da boca.

A intensidade com a qual a criança suga o dedo pode marcar uma diferencia nos riscos dos problemas de saúde dental que irá padecer no futuro. Uma criança que chupa o dedo agressivamente, tem maior risco de sofrer danos nos dentes do que uma criança que mantem o polegar ou outro dedo passivamente dentro da boca.  

Mas chupar o dedo, ou os lábios é um hábito que deve ser abandonado. Nem sempre é fácil, mas é possível. Teste as seguintes recomendações da Associação Dental dos Estados Unidos:

  • Elogie o bebe quando não o faça. Esteja atento quando a criança não esteja chupando o dedo e elogie efusivamente, em lugar de renhir.

  • Acalme e faça com que se sinta confortável. Muitas crianças chupam o dedo quando estão ansiosos. Tente de determinar as causas específicas da ansiedade que pode provocar que seu filho chupe o dedo, e trate-as.

  • Peca ajuda à criança. Peça as crianças maiores que ajudem a desenvolver métodos para abandonar esse habito. Por exemplo, é possível que as crianças maiores só chupem o dedo na noite. Tente colocando uma meia na mão, ou juntando dois dedos com fita adesiva.

  • Peca ajuda a seu odontologista. Peça ao odontologista do seu filho para ajudar e estimular a abandonar o hábito de chupar o dedo.