ADULTOS

Diabetes e saúde bucal

COMPARTILHAR

Cuidado.

Há diferentes condições medicas que contribuem para que os tecidos bucais não sarem como deveriam. Os pacientes diabéticos sempre devem ter presente que são propensos a que, em caso de que apresentar qualquer tipo de problema bucal, este poderia não melhorado como esperado. 

Diabetes.

O diabetes é um dos transtornos endocrinólogos mais comuns. Os diabéticos têm maior risco de contrair infecções e sofrem com maior regularidade de sequidão na boca, o que pode ocasionar cáries e gengivite. Já que os diabéticos são propensos a que seus tecidos bucais não curem como deveriam, a gengivite pode ser mais difícil de tratar se aparece; é por isso que, uma boa rotina de cuidado bucal é muito importante. Se você tem sensibilidade nos dentes ou gengivas, use uma escova de cerdas macias e fio dental suave para reduzir o desconforto.

Fale com seu dentista.

Se você sofrer de diabetes, tem que contar para seu dentista, já que ele poderia pedir exames de sangue para monitorar sua condição. Se o nível de hemoglobina A1C for menor a sete por cento, considera-se que tem um diabetes bem controlado; níveis maiores ou iguais a oito por cento são indicativos de diabetes mal controlada. A maioria dos pacientes com diabetes não precisam de cuidados bucais especiais, mas é uma boa ideia perguntar a seu odontologista e a seu médico se não tem recomendações especiais para seu caso.

Consulte a seu dentista.

Se você tem ortodontia e sofre de diabetes, tem que se certificar de consultar com seu dentista imediatamente se qualquer arame ou braquete precisar de reparo, antes de formar qualquer úlcera.