MAU HÁLITO

Prevenindo o Mau Hálito com o Fio Dental

COMPARTILHAR

O uso do fio dental para prevenir o mau hálito.

Você precisa de outra razão para usar o fio dental pelo menos uma vez por dia? O uso diário do fio dental ajuda a combater o mau hálito, já que remove eficazmente os resíduos de comida e bactérias que contribuem com seu aparecimento. Isso faz do fio dental uma das ferramentas mais utilizadas para prevenir e evitar o mau hálito.

O mau hálito, também conhecido como halitose, é mais comum do que as pessoas acham.  Talvez você faça piadas com o mau hálito, seja seu ou de outra pessoa, mas este é um aspecto muito importante da saúde bucal. O mau hálito pode ser mais do que um problema social embaraçoso, pode ser um sintoma de doença.

A saliva é sua amiga.

Quando temos pouca saliva, somos susceptíveis a acumulação de placa, que pode criar mal cheiro na boca. Dê maior atenção a qualquer uma das seguintes condições, que podem reduzir o nível de saliva na boca e promover o mau hálito:

  • Consumir álcool. As bebidas alcoólicas podem promover a secura de boca e causar mau hálito. Assim que não se esqueça de usar o fio dental depois de um jantar fora de casa, sem importar quanto deseje ir para cama e esquecer o assunto.

  • Cedo pela manhã: a saliva deixa de fluir quando dormimos, portanto, temos tendência a sofrer de mau hálito pelas manhãs. Se for o caso, as manhãs são o melhor momento para fazer a limpeza com fio dental.

  • Estar faminto ou com sede. Quando estamos desidratados, não temos suficiente saliva na boca, assim que somos susceptíveis de sofrer mau hálito e incrementar a acumulação de bactérias. Consuma muitos líquidos e lembre-se de usar o fio dental. Também se lembre que a mastigação aumenta a quantidade de saliva na sua boca, assim que se você pula as refeições ou estiver de regime, é possível que tenha mau hálito.

Se você estiver de regime ou está comendo com pouca frequência, um fio dental de menta pode não somente ajudar com o mau hálito, eliminando as bactérias, mas também com seu regime, já que dá um fresco sabor à sua boca que pode ajudar a se sentir menos tentado a comer entre refeições. As pessoas fazem regimes extremamente baixos em carboidratos, também tem manifestado sofrer de mau hálito ocasional, mas esses casos são poucos. Se você está de regime baixo em carboidratos ou qualquer tipo de regime restritivo, tem probabilidades de sofrer de mau hálito. Se precisar restringir sua ingestão de alimentos e comer com menor frequência, beba muita água para ajudar a manter o nível de saliva na sua boca e prevenir o mau hálito, além de continuar com uma boa rotina de cuidado bucal.

Outras causas

Se você tem mau hálito crónico, que não melhora apesar de ter rotina de cuidado oral consistente, fale com seu odontologista ou médico e solicite uma avaliação mais profunda, que possa ajudar a identificar e prevenir problemas graves de saúde.

Às vezes, o mau hálito pode ser um sintoma de um problema mais grave. Algumas condições graves da saúde associadas com o mau hálito são:

  • Problemas da garganta, como a amigdalites estreptocócica.

  • Cáries ou doença das gengivas.

  • Câncer bucal ou de garganta.

  • Partículas de comida atrapalhadas nas fossas nasais

  • Um tratamento de endodôntico infectado.

Também, o mau hálito pode ser um sintoma de uma variedade de problemas de saúde não bucais, incluindo doenças do fígado, diabetes, HIV, doenças do sistema digestivo, tais como refluxo, e infecções ou doenças nos pulmões.

A importância do hábito

As investigações confirmam o vínculo que existe entre a falta do uso do fio dental (entre outros maus hábitos de higiene bucal) e o mau hálito. Em um estudo feito em Kuwait entre mais de 1.000 adultos, um dos fatores associados com o mau hálito foi nunca ter usado fio dental, bem como a escovação pouco frequente e uma previa condição de fumador.

Uma rotina de cuidado bucal que lhe ajudará a evitar o mau hálito deve incluir não só o uso diário do fio dental, mas também a escova dos dentes, língua, gengivas e palato, duas vezes por dia. o enxague bucal pode ajudar a aliviar o mau hálito por um breve período de tempo, se acompanhado de (e não substituindo) a escova e o fio dental.