MAU HÁLITO

Liberte-se do mau hálito

COMPARTILHAR

Quais são as causas mais comuns do mal hálito?

Se você sofre de mal hálito crónico, também conhecido como halitose, é importante identificar a causa a fim de poder determinar o tratamento adequado.

A halitose tem muitas causas, dentre as quais:

  • Consumo de tabaco. Se você fuma, deixe de fazê-lo. O mal hálito também pode ser ocasionado por outros fatores, mas o tabagismo é garantia de mal hálito. Se já está pronto para deixa-lo, peca apoio e conselhos a seu médico ou dentista.

  • O que você coma ou deixe de comer. Alguns alimentos, como o alho, contribuem para o mal hálito, mas só de maneira temporária. Quando absorvidos no fluxo sanguíneo, o cheiro é expulsado através da respiração, mas os cheiros permanecem até que os alimentos são processados pelo corpo, portanto não há solução rápida.

  • Boca seca. Se sua boca é extremamente seca, não há suficiente saliva para arrastrar o excesso de partículas e bactérias, que podem ocasionar um cheiro desagradável se acumuladas nos dentes.

  • Infecções. O mal hálito que parece não ter outras causas, pode revelar uma infecção em qualquer outra parte do corpo. Se você sofrer de mal hálito crónico e seu odontologista não detecta nenhum problema bucal, vá para seu médico e que lhe façam uma avaliação. O mal hálito pode ser um sintoma de algumas condições, como infecções do trato respiratório, sinusites ou bronquites crónica, diabetes, ou problemas do fígado e dos rins, portanto é importante dar atenção ao problema.

Melhor forma de corrigir o mau hálito é seguir uma rotina de cuidado bucal completa, incluindo a escovação duas vezes por dia e uso diário do fio dental, para remover os resíduos restos de alimentos e bactérias que causam o mal hálito. Os enxagues bucais somente melhoram o mal hálito por breves períodos de tempo e, se sofrer de um problema crónico, seu dentista pode sugerir um enxague antisséptico para manter as bactérias afastadas